Vassouras

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Cozinhando com Freya

 

Amigas bruxas, sou a nova contribuinte de Vassouras & Bruxas. Chamo-me Danusa, em homenagem a Danuza Leão. Trabalho numa livraria e minha magia esta ligada à cozinha. Sou wiccana a mais ou menos uns 10 anos. Há um ano comecei a cozinhar para as Deusas e descobri como fazer a oferenda e o estudo para nosso panteão pagão.

Esta receitinha singela é muito prática e dedicada à Freya e para algumas amigas que estiverem sofrendo por amor. Eu senti que ela aceitou esta humilde oferenda. Aqui vai a historinha de Freya:

FREYA2 (1) Freya, Deusa Nórdica da Dinastia Vanir ligada à sexualidade, sensualidade, fertilidade, amor, beleza, atração, música, flores e luxúria. Filha de Njord e Skade, o deus do mar e irmã de Frey.

Deusa guerreira conhecida por ser líder das Valquírias (condutoras da alma dos mortos em combate). Libertária, tem várias lendas e vários maridos. Em sua representação ela tem uma carruagem conduzida por gatos.

Numa de suas lendas diz que quando procurava seu marido Odur pelo Céu e Terra, suas lágrimas viravam ouro na terra e âmbar no mar. Seu sofrimento por amor representa o crescimento através de uma perda de amor e nos ensina melhoramos para o próximo relacionamento.

Freya tem um colar valioso, o Brisingamen, que ela obteve dormindo com quatro anões. Ela também divide os mortos de guerra com Odin, ele ficando com os homens e ela com as mulheres. Teve também uma suposta paixão por Loki, deus do fogo.

Na receitinha vai cogumelo shimeji que tem a ver com o poder terrestre da deusa do amor e o vinho tinto no fim para mostrar aquele amarguinho que fica no fim de uma relação.

Penne Piccoli Choro de Freya

Ingredientes:

· Penne Piccoli

· 1 cebola roxa

· Óleo de gergelim

· ½ caixa de Shimeji (cogumelos pequenos)002

· 1 colher (sopa) Shoyu

· Sal

· Pimenta moída na hora

· ½ lata de Creme de leite

· ½ xícara de Vinho tinto

Modo de Preparo:

Cozinhe o penne como na embalagem. Reserve.

Molho:

Cozinhe a cebola com o óleo de gergelim até que elas fiquem transparentes. Acrescente os cogumelos e cozinhe até secarem. Em seguida, adicione o shoyu, sal e creme de leite. Quando ficar espesso adicione o vinho e teste o sal. Honre a Deusa Freya.

Que Cerridwen consagre futuras comidinhas!

3 comentários:

  1. Nossa, receita fácil e parece deliciosa. E só Ela sabe o quanto nós mulheres vivemos sofrendo do coração.. rsrs

    Adorei a receita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Myska é sempre bom saber lidar com a Freya para a vida! Por mais que a sociedade faz todo mundo parecer feliz no amor o que não é verdade. Sendo solteiro ou casado.

      Excluir

Bola de Cristal